Blog da Monte Bianco

09/06/2010 18:12
Itália diz que resolução do CS da ONU é um forte sinal político

 

ROMA, 9 JUN (ANSA) - O governo italiano destacou hoje o "forte sinal político" emitido pela comunidade internacional contra a possibilidade de o Irã construir armas nucleares, afirmou hoje o chanceler Franco Frattini, ao comentar a resolução do Conselho de Segurança da ONU.

"De Nova York veio um sinal político muito forte: a comunidade internacional não pode aceitar que o Irã possua armas nucleares promovendo uma corrida à proliferação que causaria efeitos gravíssimos à estabilidade regional e mundial", apontou Frattini.

"As sanções não são um fim em si, devem servir para reportar Teerã à mesa de negociações", complementou o italiano, que reiterou que seu país continua convencido de que "a única solução possível à questão nuclear iraniana é a diplomática".

"Desejamos fortemente que as autoridades iranianas, também após a resolução adotada hoje pelo Conselho de Segurança, mudem sua postura, respondendo construtivamente às demandas da AIEA [Agência Internacional de Energia Atômica] e esclarecendo todas as persistentes dúvidas sobre a natureza de seu programa nuclear", completou o ministro.

Com 12 votos -- apenas Brasil e Turquia votaram contra, enquanto o Líbano se absteve -- os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovaram nesta quarta-feira o quarto pacote de sanções contra o Irã, que inclui uma série de novas restrições.

O governo de Mahmoud Ahmadinejad, que garante ter fins pacíficos, afirmou, por sua vez, que não irá ceder e continuará com suas atividades de enriquecimento de urânio. "Nada vai mudar", disse Ali Asghar Soltanieh, enviado do Irã na AIEA. (ANSA)

 


Deixe também seu Comentário:

Nome Completo:*
E-Mail:*
Título:*
Mensagem:*

Código de Verificação:
Digite abaixo o código ou clique no
ícone para gerar um novo código

Status do Código Digitado:
 

Enviar     Limpar